Google Analytics: Aprenda como monitorar o tráfego do seu site

Para o trabalho de marketing digital ser completo é preciso gerar os resultados positivos e a mensuração e acompanhamento do trabalho é essencial após executar uma boa estratégia de marketing . É exatamente aí que entra o Google Analytics.

Continue lendo para conhecer melhor essa ferramenta tão útil na estratégia de marketing digital. Aprenda o que é, para que serve e como usar o Google Analytics para potencializar o monitoramento das suas ações de marketing.

O que é e para que serve o Google Analytics?

O Google Analytics é uma ferramenta de monitoramento e análise para sites, blogs e aplicativos. O Analytics foi desenvolvido pelo Google, é uma ferramenta que faz a diferença no acompanhamento de métricas referentes aos seus domínios.

Pelo Google Analytics é possível acompanhar bem de perto o volume de visitas, comportamento dos usuários no seu site, canais utilizados para chegar até seu conteúdo e muito mais.

A ferramenta é gratuita e pode ser utilizada a partir de uma conta do Google. Na própria página da ferramenta, é só clicar em criar conta e seguir o passo a passo. A partir daí, você terá gerado um código que deve ser implantado nas páginas que deseja acompanhar. Por fim, de forma tão prática quando a criação da sua conta, você pode começar a usar o Analytics e descobrir muito sobre seu público, seu site e medir suas ações.

Motivos para usar o Google Analytics agora mesmo

Usar o Google Analytics para entender o tráfego do seu site ou blog traz um dos bens mais valiosos para o marketing moderno: dados.

Cada vez mais as ações de marketing digital precisam de dados para se basear e oferecer a segurança para que as empresas tomem melhores decisões.

Na prática, configurar o Google Analytics para seu site ou blog traz, entre outras, as vantagens:

  • Você pode conhecer melhor o seu público-alvo: o Google Analytics traz insights interessantes sobre as pessoas que visitam o seu site. Os relatórios da ferramenta mostram a origem dos visitantes, horários em que costumam chegar até você, dados demográficos e os dispositivos que eles utilizam para navegar na internet.
  • Você entende o que faz mais sucesso no site: os relatórios do Analytics medem o sucesso de cada página visitada no seu site ou blog. Lá é possível conferir as páginas mais visitadas, o tempo que o visitante passa lendo o conteúdo e o que ele faz a partir daí.
  • Você pode preparar ações mais efetivas: o Analytics oferece informações o bastante para definir planos mais efetivos. Descobrindo os horários de mais sucesso nas suas páginas, você descobre a melhor hora para desenvolver ações de marketing. Avaliando as páginas menos visitadas você poderá buscar melhorias para elas.
  • Você tem controle: uma empresa que monitora a visitação de suas páginas tem mais controle em geral sobre o que vai fazer em seguida. Imagine que as visitas ao seu site estão caindo ao longo do tempo e você não tem noção disso. Sem monitoramento, a empresa perde e pode perceber prejuízos quando for tarde demais.

O que acompanhar no Analytics? As principais métricas

Agora que sabemos para que serve o Google Analytics e o que você pode fazer com ele, vamos falar de métricas.

Métricas são formas de mensurar os resultados do seu trabalho e devem ser levadas a sério. No Google Analytics, basicamente, tudo é uma métrica em potencial. 

O Analytics tem uma série de informações disponíveis sobre seu site, que podem ser analisadas separadamente, comparadas e cruzadas para obter dados incríveis. Por hora, vamos nos preocupar com as principais e indispensáveis para o melhor monitoramento do seu site:

Visitas e visitantes do site

O número de visitas representa cada vez que alguém entrou no seu site. O total de visitas é a soma de todas as exibições que o site teve, não importa por quem nem quantas vezes. É importante não confundir as visitas com o número de visitantes, que representa a quantidade de pessoas, únicas, que visitaram as páginas. Esses dois números mostram o nível da audiência do site, em números absolutos.

Taxa de rejeição e saída

Essas duas taxas “negativas” precisam ser acompanhadas basicamente para melhorias. Tanto a taxa de rejeição quanto a de saída oferecem dados que mostram falhas na estratégia. Elas precisam ser avaliadas com cuidado para inspirarem ação.

A taxa de rejeição mostra o percentual de pessoas que clicou naquela página e, de lá, não foi para nenhuma outra. Já a taxa de saída mostra visitantes que fecharam seu site a partir de uma determinada página que está sendo analisada.

Esses dois números precisam ser reduzidos, já que uma queda neles representa maior aprovação do seu site e navegação contínua entre suas páginas.

Origem de tráfego

Toda empresa precisa saber de onde estão chegando seus consumidores. Os indicadores de origem de tráfego do google Analytics mostram o caminho que os visitantes percorreram até chegar no seu site, o que mensura ações diversas da estratégia de marketing.

Conforme mostra o Analytics, na aba Origem do Tráfego, quem chega até seu site digitando o endereço no navegador é representado pelo número de tráfego direto. Quem clicou em algum link do seu site dentro de sites de terceiros é mostrado em links/referral.

Se você tem campanhas de atração de tráfego ativas, também na Origem do Tráfego, os seus visitantes aparecerão como campanhas (CPC).

Um dos pontos mais interessantes, porém, para analisar entre as origens de tráfego, é a busca orgânica. Nesse número estão presentes todas as pessoas que buscaram algum termo ou palavra-chave no Google e clicou no seu site entre os resultados que apareceram.

Para quem trabalha uma estratégia de SEO no site da sua empresa, a busca orgânica mostra o sucesso desse trabalho. Quanto mais trabalhado o SEO, mais pessoas chegaram dessa forma orgânica até as suas páginas.

Analisando as origens de tráfego é possível identificar as melhores e mais efetivas formas de atrair público para seu site. Assim, fica mais fácil definir se é hora de fazer campanhas pagas, continuar trabalhando o SEO ou buscar parcerias de links em outros sites para direcionar o link da sua página.

Quer continuar aprendendo a acompanhar suas ações de marketing digital? Leia também o nosso artigo que ensina a mensurar ações de marketing agora mesmo.

Deixe um Comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.